Sónia Moreira

Widget Image
Widget Image

Como médica e mãe criei este espaço de partilha de informação e de experiências. Ora mais formal, com referências bibliográficas científicas fidedignas para manter os interessados sobre o tema o mais atualizados possível. Ora mais informal, mostrando o lado mais humano dos médicos e pondo a descoberto alguma da experiência que tenho adquirido nestas “areias movediças” que são a Maternidade.

Os protagonistas deste blog são o Pedro, o Pai e o Pirata, rafeiro que adotamos em Junho de 2015 sob o olhar atento desta Mãe/ Esposa/ Médica. Leiam, coloquem dúvidas e partilhem, prometo escrever sobre os mais variados temas que despertam naqueles que convivem com mais “Pedros”, “Pais” e “Piratas”.

UM DIA MAIS MÃE, OUTRO DIA MAIS MÉDICA!
Image Alt

Sushi lovers: quando, como e que quantidade de sushi para crianças?

Os restaurantes de sushi têm ganho popularidade em Portugal. E se até há uns anos atrás tínhamos que nos deslocar até “à cidade” para comer um prato de sushi hoje em dia o sushi já se dissipou às cidades mais pequenas e encontra-se “mais acessível” a todos os seus amantes. Tem vindo a ganhar tanta popularidade que até já “compete” com outros demais pratos que fazem lambuzar os beiços a qualquer um. Aparte competições gastronómicas venho falar-vos das recomendações mais seguras de apresentação desta “iguaria” aos mais pequenos.

Fonte: https://www.mildicasdemae.com.br/, acesso a 7 de Julho de 2018

 

O sushi é uma excelente fonte de ácidos gordos ómega 3 e vitaminas e tem muitas vantagens no desenvolvimento do cérebro e dos olhos das crianças. Contudo, os pais/ cuidadores devem ter em mente algumas dicas de segurança, de modo a proporcionar-lhes a melhor e mais segura experiência gastronómica.

Quando oferecer sashimi (peixe cru) às crianças?

 

Segundo recomendações da Sociedade Portuguesa de Pediatria o peixe magro (ressalve-se, que cozinhado) pode ser introduzido a partir dos 6 meses de idade (pescada, linguado, solha ou faneca). No caso de peixe cru, as recomendações são diferentes…

No Japão, onde o sushi é uma parte importante da dieta, os pais costumam esperar até os 2 anos e meio a 3 anos para iniciá-lo, mas em alguns casos, esperam até aos 5 anos. Porquê tão tarde? A razão é simples: as defesas (o sistema imunitário) das crianças só estão completamente desenvolvidas a partir dessa idade. Uma infeção causada pelo consumo de peixe cru é muito mais grave nas crianças mais pequenas, cujo sistema imunitário ainda se encontra em desenvolvimento. Em vez de peixe cru, pode ser oferecido peixe cozinhado e, assim, incentivar a criança a consumir peixe, como parte integrante duma alimentação saudável.

Fonte: http://www.portalped.com.br/, acesso a 07 de Julho de 2018

Quais peixes oferecer?

 

O marisco cru é de todos, aquele que pode ser mais perigoso! Limitar/ evitar a oferta de peixes ricos em mercúrio como: atum, espadarte, robalo, tubarão, peixe-rei e cavala. Se optar por oferecê-los limite a quantidade a aproximadamente 340  gramas/semana. O salmão é de todos o que é mais seguro em termos de teor de mercúrio.

Fonte: http://www.menospeso.pt/, acesso a 7 de Julho de 2018

Quais os riscos do mercúrio?

 

O mercúrio é libertado em forma de gás da crosta terrestre e oceanos, ou como um subproduto químico da indústria. O gás de mercúrio dissolve-se na água, onde as bactérias o transformam em metil-mercúrio que os peixes absorvem. A acumulação de elevadas quantidades de mercúrio presente nos peixes listados acima e o consumo posterior desses peixes pelos humanos (mas ressalve-se, em elevada quantidade) pode causar problemas neurológicos graves.

Mas então para começar… O que oferecer?

 

Opte por oferecer as “peças” vegetarianas. As “peças” cruas (“sashimi”) podem acarretar risco aumentado de hepatite A e infeções por parasitas e bactérias, pelo que deve adiar a sua introdução. Adicionalmente, a Sociedade Americana de Pediatria recomenda a vacinação do seu filho com a vacina extra plano da Hepatite A de forma a diminuir o risco de contaminação. Pode aceder a mais informação sobre esta vacina extra plano no artigo “Vacinas extra plano – uma ajuda para os pais indecisos” no link.

Para reduzir o risco de contaminação por parasitas e bactérias a Food and Drug Administration recomenda que os restaurantes congelem o peixe a baixas temperaturas e que seja descongelado imediatamente antes de ser consumido para assim os inativar. Por isso, é muito importante que os restaurantes que frequentem sejam de confiança e tenham essa prática de congelamento bem difundida na confecção da comida!

Os pratos cozinhados como “tempura” em que tudo é frito são nutricionalmente mais pobres, e devem ser igualmente evitados.

E restaurantes? Quais recomendo?

 

Não vou falar sobre restaurantes no Porto, pois aí temos uma inúmera oferta.

Vou falar-vos dum restaurante que descobri recentemente, no Marco de Canaveses que recomendo vivamente: Hamuu Sushi. Conhecem? Conta com um espaço acolhedor e reservado com uma ementa apetecível quer para graúdos… E boas notícias… Também para miúdos!  Este restaurante tem à disposição um menu infantil com noodles com karage. Se estiverem por perto, não percam a oportunidade de o visitar 😃!

Nós por cá vamos esperar mais um bocadinho até criar o “bichinho” do sushi no nosso Pedrocas! Para já, vai comendo peixe cozinhado, que adora!

E por aí? Já experimentaram oferecer sushi aos mais pequenos? Como foi a experiência?

Recomendam algum restaurante?

ATENÇÃO, não sou nenhuma expert em sushi, por isso, partilhem as vossas experiências que serão enriquecedoras para mim e certamente para os demais leitores!

Obrigada e beijinho

 

 

 

Referências bibliográficas:

(1) https://www.healthychildren.org/English/tips-tools/ask-the-pediatrician/Pages/Is-it-safe-for-my-child-to-eat-sushi.aspx, acesso em 06 de Julho de 2018

(2) http://www.crescercontigo.pt/sushi-para-criancas-sim-ou-nao/, acesso a 06 de Julho de 2018

(3) Acta Pediátrica Portuguesa. Alimentação e Nutrição do Lactente. Vol 43, Nº 5, Setembro – Abril 2012

(4) Food and Drug Administration’s. Fish and Fishery Products Hazards and Controls Guidance. Acesso através https://www.fda.gov/downloads/food/guidanceregulation/ucm252393.pdf em 6 de Julho de 2018.

(5) http://hamuusushi.pt/, acesso a 06 de Julho de 2018

Comentários

  • Pedro Fidalgo
    7 Julho, 2018

    Obrigado Sónia pelo artigo e os conselhos sobre o sushi … Nós adorámos e aqui os Pedrocas, (eu, o meu filho e um dos meus netos) vamos com alguma regularidade ao Sushi em Lisboa. Vamos sobretudo pela criatividade dos pratos. Mas é prciso ter algum cuidado e por isso não arriscamos sushi em qualquer lado. Obrigado tembém pela dica.
    Parabéns pelo Blog e grande abraço

    Responder
  • Odete madureira
    7 Julho, 2018

    Adoro sushi o restaurante no Marco e muito bom recomendo o meu andre vai ter de esperar uns aninhos para provar😁😁

    Responder

O seu comentário...